Missão Nova Visão ♫ Web Rádio Católica

quarta-feira, 28 de novembro de 2018


Cristoteka Magnificat - Paróquia Sant'Ana/SP

As "Cristotecas" tem sido muito útil na evangelização dos jovens nos tempo atuais, um espaço totalmente destinado aos jovens e suas famílias para terem uma noite de muita alegria que vem do céu com louvor e oração, as Cristotecas que a cada carisma ganham um nome diferente tem sua estrutura com DJ's, Pista de Dança com Iluminações e Fumaça, Ministérios de Música, Momentos de Oração e Adoração, sem contar a criatividade das decorações do espaço e também os Cristo Drink's (sem álcool) que se destacam na lanchonete, em um tempo que se tem baladas circulares mundanas de segunda a segunda levando nossos jovens a perdição precisamos intensificar nossos trabalhos de Evangelização para resgata-los  e a Cristoteca é uma destas opções !

E para você que quer realizar uma em sua Paróquia, Comunidade e Cidade e não sabe por onde começar podemos te ajudar !

A Missão Nova Visão tem se destacado na produção de Cristotecas, com o DJ Adriano do Nascimento, Organização, Divulgação e Estrutura de Som e Iluminação para eventos em SP, basta entrar em contato pelo WhatsApp 11 98173-0803, já estamos com agenda aberta para 2019 !


Proposta de Realização para evento com DJ Adriano do Nascimento e a Missão Nova Visão.

Release - DJ Adriano do Nascimento

Desde 2001 tocando em eventos católicos já conquistou a juventude com seu carisma e sua maneira cativante de evangelizar através da música eletrônica católica, sua missão aumentou ainda mais após o dia 08 de Dezembro de 2009 onde foi vítima de um assalto e após receber dois tiros perdeu sua visão não perdendo sua Fé, divulgado seu testemunho por diversas mídias católicas se tornou um exemplo de superação e de Fé edificando muitos corações.

Atualmente Missionário, dedica todo seu tempo em missão a levar Luz onde se encontra escuridão, DJ e Pregador tem participado de diversos eventos de evangelização e missões pelo Brasil.
Blog do Testemunho/Agenda: http://visaodefe.blogspot.com

Veja como é fácil solicitar a participação do DJ Adriano do Nascimento em seu evento ou solicitar a organização de uma Cristoteca com a Missão Nova Visão:

Valor: Não cobramos nenhum valor fixo, pedimos apenas uma doação seja esta de coração não sendo obrigatória. "Pouco em Deus muito se faz"
Transporte: Pedimos transporte para 2 pessoas e o case de DJ
Alimentação e Hospedagem: Somente para 2 pessoas (eventos fora de SP)

Para eventos em SP que necessite de som e iluminação; pedimos transporte para os equipamentos e ajuda de custo para manutenção dos mesmos.

Deixamo-nos a disposição para quaisquer outras informações.

Ta esperando o que ? Agende já sua data e vamos evangelizar !

"Na vida não há limites para quem em Deus a confia"
(Adriano do Nascimento)


terça-feira, 27 de novembro de 2018

Mosteiro da Sagrada Face - Roseira/SP


*Em Prol do nosso próximo EJC

Dia: 25/Jan/2019
Saída: 05h00
Retorno: 16h00

Programação:

1) Mosteiro da Sagrada Face (Roseira)
Missa - Guia com a História da Sagrada Face - Pesqueiro - Almoço - Momentos para Fotos pelo Mosteiro
2) Catedral de Santo Antonio (Guaratinguetá)
Catedral histórica construida em 1630, destacada por ser onde Frei Galvão foi batizado quando criança e celebrou sua primeira Missa quando ordenado Frade
3) Casa de Frei Galvão (Guaratinguetá)
Casa onde morou O primeiro Santo Brasileiro canonizado pelo Papa Bento XVI - Guia no local contando a história do santo - Pílulas de Frei Galvão

Valor: R$ 90,00
*Incluso Transporte + Almoço no Mosteiro (Come a vontade + Suco)

Sorteios de Brindes

*Levem seu Terço ! Rezaremos e louvaremos na ida e na volta, não esqueça sua câmera fotográfica ou seu celular para registrar todos os momentos, o lugar onde fica o mosteiro é lindo e da para tirar muitas self's e deixe o mal humor em casa !

Passagens com Adriano - WhatsApp 11 98173-0803 ou na Secretaria da Paróquia Sant'Ana - Av: Moacir Dantas Itapicuru, 630 - Cidade Nova São Miguel


Casa de Frei Galvão - Guaratinguetá/SP

Catedral de Santo Antonio - Guaratinguetá/SP



Origem na eternidade

A história de Nossa Senhora das Graças começa, na verdade, fora do tempo, quando o Pai, nos seus mais altos desígnios, planejou a encarnação de seu Filho Jesus, no seio da humanidade. Nesse momento, o Pai também pensou em Maria, pois, seu Filho teria que ter uma mãe humana. E a mãe do Salvador teria que ser “cheia de graça”. E assim aconteceu. A história começou, o mundo foi criado, o homem decaiu e Deus prometeu o Salvador. Por isso, Ele preparou Maria. Tanto que, quando o Anjo Gabriel apareceu para anunciar que ela seria a Mãe de Jesus, afirmou que ela era “cheia de graça”. (Lucas 1, 28)

Portadora de todas as graças

Em seguida, quando Maria disse o seu “sim” a Deus, diante do mesmo Anjo Gabriel, ela passou a ser portadora da maior de todas as graças que a humanidade poderia receber: o próprio Filho de Deus. Gerando Jesus para o mundo, Maria proporcionou que todas a graças chegassem até nós.

O título Nossa Senhora das Graças

Desde o início da Igreja, Maria sempre foi vista como “portadora das graças”. Porém, o título “Nossa Senhor das Graças” surgiu num determinado tempo da história e num local específico. Estamos falando das 17 horas e 30 minutos do dia 27 de novembro de 1830, na Rua Du Bac, 140, em Paris, França. Neste local e data especificados, Catarina Labouré, então noviça da Congregação de São Vicente de Paulo, foi até à capela impelida para rezar. Estando em oração, teve uma visão da Virgem Maria, que se revelou a ela como Nossa Senhora das Graças.

A aparição

E tal revelação não aconteceu somente por palavras. Nossa Senhora deu a Catarina Labouré uma visão reveladora. Vejamos o relato da própria Catarina que, depois, se tornou santa: "...uma Senhora de mediana estatura, de rosto muito belo e formoso... Estava de pé, com um vestido de seda, cor de branco-aurora. Cobria-lhe a cabeça um véu azul, que descia até os pés... As mãos estenderam-se para a terra, enchendo-se de anéis cobertos de pedras preciosas. A Santíssima Virgem disse-me: ‘Eis o símbolo das Graças que derramo sobre todas as pessoas que mas pedem ...’ Formou-se então, em volta de Nossa Senhora, um quadro oval, em que se liam, em letras de ouro, estas palavras: ‘Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós, que recorremos a Vós’. Depois disso o quadro que eu via virou-se, e eu vi no seu reverso: a letra M, tendo uma cruz na parte de cima, com um traço na base. Por baixo: os Sagrados Corações de Jesus e de Maria. O de Jesus, cercado por uma coroa de espinhos e a arder em chamas, e o de Maria também em chamas e atravessado por uma espada, cercado de doze estrelas. Ao mesmo tempo, ouvi distintamente a voz da Senhora, a dizer-me: ‘Manda, manda cunhar uma medalha por este modelo. As pessoas que a trouxeram, com devoção, hão de receber muitas graças”.

A revelação de Nossa Senhora das Graças

Enquanto contemplava esta cena maravilhosa, Maria sobre o globo terrestre e raios saindo de suas mãos em direção à terra, Catarina ouviu uma voz a lhe dizer: "Este globo que vês representa o mundo inteiro e especialmente a França, e cada pessoa em particular. Os raios são o símbolo das Graças que derramo sobre as pessoas que Me as pedem. Os raios mais espessos correspondem às graças que as pessoas se recordam de pedir. Os raios mais finos correspondem às graças que as pessoas não se lembram de pedir.“

Pedir com fé

Compreendemos que o título Nossa Senhora das Graças está intimamente ligado à revelação da Medalha Milagrosa. Porém, as graças distribuídas por Nossa Senhora não dependem do uso da Medalha e sim de pedir a ela com fé e devoção. Tanto que, em outra aparição, Nossa Senhora se queixou a Santa Catarina Labouré dizendo: “Tenho muitas graças para distribuir... Mas as pessoas não me pedem...”

O poder da Medalha Milagrosa

Depois de um tempo, Catarina Labouré conseguiu que a medalha fosse cunhada, tal qual a Virgem Maria tinha lhe pedido. Logo, esta medalha se tornou um fenômeno inimaginável. A promessa da Virgem Maria se cumpria admiravelmente em todos os que usavam a Medalha com devoção. Graças a ela, uma terrível epidemia da peste negra foi debelada na França. Milhares de pessoas já tinham morrido quando a Medalha Milagrosa começou a ser usada. Então, os doentes que a recebiam com fé começaram a ser curados milagrosamente, pois a peste não tinha cura.

Milhões de Medalhas

Então, a Medalha Milagrosa passou de milhares para milhões de cunhagens. Espalhou-se rapidamente pela Europa livrando milhões de pessoas da peste. Depois, espalhou-se por todo o mundo. E as graças continuam acontecendo até hoje. A medalha Milagrosa é a mais cunhada de todos os tempos. O número de medalhas, porém, não se compara ao número de graças derramadas pelas mãos cheias de amor da Virgem Maria, Nossa Senhora das Graças.

O papel da Virgem Maria

É interessante lembrar que Nossa Senhora é despenseira, ou seja, uma “distribuidora” de graças. As graças são de Deus e só Ele pode dá-las. Mas, em sua misericórdia, o senhor escolheu distribui-las pelas mãos de sua mãe, Maria. Esta é a maravilha da nossa fé. Milhões de graças estão nas mãos de Nossa Senhora e ela quer distribuí-las a seus filhos. É vontade de Deus que assim seja. Por isso, vamos pedir a ela, com fé. São Bernardo de Claraval dizia que “Nunca se ouviu dizer que ela não atendeu a quem pediu com fé.” Esta realidade maravilhosa é testemunhada por milhões de pessoas, ao longo de séculos. Por isso, não deixe de faze seus pedidos à Mãe Celestial. E não deixe também de usar a bendita Medalha Milagrosa de Nossa Senhora das Graças. E grandes graças vão acontecer na sua vida.

Oração a Nossa Senhora das Graças

“Ó Imaculada Virgem Mãe de Deus e nossa Mãe, ao contemplar-vos de braços abertos derramando graças sobre os que vo-las pedem, cheios de confiança na vossa poderosa intercessão, inúmeras vezes manifestada pela Medalha Milagrosa, embora reconhecendo a nossa indignidade por causa de nossas inúmeras culpas, acercamo-nos de vossos pés para vos expor, durante esta oração, as nossas mais prementes necessidades (momento de silêncio e de pedir a graça desejada).

Concedei, pois, ó Virgem da Medalha Milagrosa, este favor que confiantes vos solicitamos, para maior Glória de Deus, engrandecimento do vosso nome, e o bem de nossas almas. E para melhor servirmos ao vosso Divino Filho, inspirai-nos profundo ódio ao pecado e dai-nos coragem de nos afirmar sempre como verdadeiros cristãos. “

Rezar 3 Ave Marias.

Jaculatória contida na Medalha:

“Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós”. Amém.



terça-feira, 13 de novembro de 2018



*FALTAM 4 DIAS!!* 🎉🤩

Está quase tudo pronto só esperando por você!! Você não vai ficar de fora né?! Corre que ainda dá tempo de participar desse evento incrível!! *#4CristoSensation, uma balada cristã como você nunca viu!!* 😎🤳🏾

Teremos música ao vivo com a *#BandaLuminus* fazendo todo mundo dançar! 💃🏽📸

Aquele clima de balada, com um super som, efeitos, iluminação e muita música boa ficará por conta do *#DJAdriano!!* 🎶🎆🎧

*E MAIS..🚨*

Como uma boa balada cristã, não pode faltar aquele momento especial de oração na presença daquEle que é o responsável por tudo! 💝🙌🏽

✨ *VENHAM DE BRANCO!!* ✨

Teatro?! Vai ter!
Dança?! Vai ter!
Sorteio?! Vai ter!
Surpresa?! Vai ter!

Só falta você!!
*#VemPro4CristoSensationVem*


segunda-feira, 22 de outubro de 2018


João Paulo II nasceu em Wadowice, na Polônia, em 18 de maio de 1920. Era o caçula dos três filhos de KarolWojtyla, um suboficial do exército, e Emília Kaczorowska. Sua irmã, Olga, morreu antes de seu nascimento. Sua mãe faleceu quando ele tinha 9 anos. Depois faleceu seu irmão Edmund, médico, quando Karol tinha 12 anos. E, aos 21 anos de idade, com o falecimento de seu pai, ele ficou sozinho no mundo.

Vida de João Paulo II

Karol foi batizado em 25 de junho de 1920, com menos de um mês de vida. Aos 9 anos fez a Primeira Comunhão e, aos 18, recebeu o sacramento do Crisma. Em 1938, com 18 anos, se matriculou numa escola de teatro, universidade Jagellonica. Quando as forças de ocupação nazistas fecharam a universidade em 1939, o jovem Karol foi trabalhar numa indústria química (Solvay) para se sustentar e para não ser deportado para a Alemanha.

Vocação sacerdotal

A partir de 1942, sentindo a vocação para o sacerdócio, começou a estudar no seminário clandestino na cidade de Cracóvia, dirigido pelo arcebispo Adam Stefan Sapieha. Após a II Guerra Mundial, continuou seus estudos no seminário maior de Cracóvia, novamente aberto, e na faculdade de teologia da universidade Jagellonica. Foi ordenado sacerdote em 1 de novembro de 1946, pelo arcebispo Sapieha.
Em seguida foi enviado a Roma, onde se tornou Doutor em teologia em 1948. Voltou a Cracóvia sendo vigário em diversas paróquias e, em 1953, passou a lecionar Teologia Moral e também Ética Social, ambos na faculdade de Teologia de Lublin.
Em 4 de julho de 1958 foi nomeado bispo titular de Olmie, também, auxiliar de Cracóvia. Assim, recebeu a consagração episcopal no dia 28 de setembro de 1958. E no dia 13 de janeiro de 1964 foi nomeado arcebispo de Cracóvia pelo Papa Paulo VI, que o fez Cardeal em 26 de junho de 1967.
O Cardeal Wojtyla participou ativamente do Concílio Vaticano II, que aconteceu nos anos 1962-1965. Ele teve importante atuação no desenvolvimento de um dos principais documentos do Concílio chamado Constituição GaudiumetSpes. Além disso, ele tomou parte em cinco Sínodos Episcopais antes de serpapa.

Pontificado de João Paulo II

KarolWojtyla foi eleito papa no dia 16 de outubro, no ano 1978. Ele tinha 58 anos. Ele escolheu como nome papal João Paulo II. Ele foi o 263º sucessor de São Pedro. Seu pontificado foi o terceiro mais longo da história, durando quase 27 anos. João Paulo II exerceu sua missão de maneira incansável e um grande espírito evangelizador. Realizou 104 viagens apostólicas fora da Itália e 146 no interior do país. Visitou 317 das 333 paróquias romanas.
Mais do que todos os seus predecessores, ele se encontrou com o povo de Deus e com centenas de líderes nacionais. Mais de 17 milhões de peregrinos participaram de 1166 Audiências Gerais celebradas na quarta-feira. Foram 38 visitas oficiais a chefes de governo, 738 audiências ou encontros chefes de estados e 246 encontros com Primeiros Ministros.
Ele deu início às Jornadas Mundiais da Juventude em 1985, e os encontros mundiais das famílias em 1994.
João Paulo II fez questão de promover o diálogo entre representantes de outras religiões e judeus. Ele convocou encontros de oração pela paz, realizados especialmente na cidade de Assis.
Sob seu pontificado, a Igreja entrou no terceiro milênio com a celebração do Grande jubileu do Ano 2000.
João Paulo II realizou numerosas cerimônias de beatificação e canonização para mostrar exemplos de santidade nos dias de hoje. Ele celebrou 147 cerimônias de beatificação em que proclamou 1338 beatos, e 51 canonizações, com 482 novos santos. Ele escreveu como papa,15 exortações apostólicas, 14 encíclicas e ainda 11 constituições apostólicas e 45 cartas apostólicas. Além disso, escreveu 5 livros.  Promulgou o Catecismo da Igreja Católica, promoveu a reforma do Código de Direito Canônico, a reforma no Código das Igrejas Orientais e a grande reorganização da Cúria Romana.

Falecimento

O Papa João Paulo II faleceu no dia 2 de abril de 2005, aos 85 anos de idade e quase 27 de pontificado. Mais de três milhões de peregrinos lhe renderam homenagens. Em 28 de abril, apenas 26 dias após sua morte, o Papa Bento XVI abriu o processo de beatificação de seu antecessor. Bento XVI dispensou os cinco anos costumeiramente esperados depois da morte do pretendente.

Devoção a João Paulo II

O milagre que levou a Igreja a reconhecer João Paulo II como beato, foi a cura de uma freira francesa. Ela sofria de mal de Parkinson, doença incurável. Sua superiora sugeriu que ela pedisse a intercessão do papa João Paulo II que tanto sofreu com a mesma doença. A freira obedeceu, pediu a intercessão de João Paulo e foi curada milagrosamente. Por isso, numa santa missa para a qual acorreram mais de um milhão de fiéis no Vaticano, o Papa Bento XVI anunciou ao mundo que o João Paulo II pode ser venerado como Beato da Igreja Católica. A beatificação aconteceu num belo domingo:  1 de maio de 2011.

Oração pedindo a intercessão de João Paulo II

Ó Trindade Santa, nós vos agradecemos por ter dado à Igreja o papa João Paulo II e por ter feito resplandecer nele a ternura da vossa Paternidade, a glória da cruz de Cristo e o esplendor do Espírito de amor. Confiado totalmente na vossa infinita misericórdia e na materna intercessão de Maria, ele foi para nós uma imagem viva de Jesus Bom Pastor, indicando-nos a santidade como a mais alta medida da vida cristã ordinária, caminho para alcançar a comunhão eterna convosco.
Segundo a vossa vontade, concedei-nos, por sua intercessão, a graça que imploramos, na esperança de que ele seja logo inscrito no número dos vossos santos. Amém.

Fonte: https://cruzterrasanta.com.br


Contato / Pedidos de Oração

Nome

E-mail *

Mensagem *

Revenda Nossos Produtos em sua Cidade !

Revenda Nossos Produtos em sua Cidade !
Whats 11 98173-0803

Pedido de Oração / Orientação Espiritual

Pedido de Oração / Orientação Espiritual
Whats 11 98173-0803

Programação

24hs de Música
+
09h00
Momento Fé & Reflexão

15h00
Terço da Misericórdia

18h00
Terço Mariano

21h00
Momento Fé & Reflexão

03h00
Terço da Misericórdia

N.Sra. das Graças

N.Sra. das Graças
Derramai todas as graças necessárias para nossas vidas !

Sala de Bate-Papo

JMJ Panamá 2019

JMJ Panamá 2019
Site Oficial

Solidariedade

Tecnologia do Blogger.
Missão Nova Visão, Levando LUZ onde se encontra escuridão !

Grupo de Jovens Totus Tuus Maria

Receba Nossas Matérias !

Cadastre seu E-mail e Receba nossas Notícias e Novidades!


Nova Visão

Deixe um Recadinho

Testemunho / Adriano do Nascimento

Para as Crianças

De Olho na Dica - Filme

De Olho no Lançamento