O significado da Páscoa... ~ Missão Nova Visão ♫ Web Rádio Católica

quinta-feira, 21 de abril de 2011

A Páscoa é uma festa cristã que celebra a ressurreição de Jesus Cristo. Depois de morrer na cruz, seu corpo foi colocado em um sepulcro, onde ali permaneceu, até sua ressurreição, quando seu espírito e seu corpo foram reunificados. É o dia santo mais importante da religião cristã, quando as pessoas vão às igrejas e participam de cerimônias religiosas.
Muitos costumes ligados ao período pascal originam-se dos festivais pagãos da primavera. Outros vêm da celebração do Pessach, ou Passover, a Páscoa judaica. É uma das mais importantes festas do calendário judaico, que é celebrada por 8 dias e comemora o êxodo dos israelitas do Egito durante o reinado do faraó Ramsés II, da escravidão para a liberdade. Um ritual de passagem, assim como a "passagem" de Cristo, da morte para a vida.
No português, como em muitas outras línguas, a palavra Páscoa origina-se do hebraico Pessach. Os espanhóis chamam a festa de Pascua, os italianos de Pasqua e os franceses de Pâques.
A festa tradicional associa a imagem do coelho, um símbolo de fertilidade, e ovos pintados com cores brilhantes, representando a luz solar, dados como presentes. A origem do símbolo do coelho vem do fato de que os coelhos são notáveis por sua capacidade de reprodução. Como a Páscoa é ressurreição, é renascimento, nada melhor do que coelhos, para simbolizar a fertilidade!

Vamos ver agora como surgiu o chocolate...
Quem sabe o que é "Theobroma"? Pois este é o nome dado pelos gregos ao "alimento dos deuses", o chocolate. "Theobroma cacao" é o nome científico dessa gostosura chamada chocolate. Quem o batizou assim foi o botânico sueco Linneu, em 1753.
Mas foi com os Maias e os Astecas que essa história toda começou. O chocolate era considerado sagrado por essas duas civilizações, tal qual o ouro.Na Europa chegou por volta do século XVI, tornando rapidamente popular aquela mistura de sementes de cacau torradas e trituradas, depois juntada com água, mel e farinha. Vale lembrar que o chocolate foi consumido, em grande parte de sua história, apenas como uma bebida.
Em meados do século XVI, acreditava-se que, além de possuir poderes afrodisíacos, o chocolate dava poder e vigor aos que o bebiam. Por isso, era reservado apenas aos governantes e soldados.
Aliás, além de afrodisíaco, o chocolate já foi considerado um pecado, remédio, ora sagrado, ora alimento profano. Os astecas chegaram a usá-lo como moeda, tal o valor que o alimento possuía.
Chega o século XX, e os bombons e os ovos de Páscoa são criados, como mais uma forma de estabelecer de vez o consumo do chocolate no mundo inteiro. É tradicionalmente um presente recheado de significados. E não é só gostoso, como altamente nutritivo, um rico complemento e repositor de energia. Não é aconselhável, porém, consumí-lo isoladamente. Mas é um rico complemento e repositor de energia.

fonte: http://curiosidadescatolicas.blogspot.com/

0 Comentários:

Postar um comentário

Por favor poste apenas comentário uteis, não faça divulgação na sessão de comentários. Obrigado

Nossa Programação

24hrs de músicas!
15h00
Terço da Misericórdia
18h00
Terço da Sagrada Família
20h00 às 22h00
Rítmo Jovem

Clicando Neste Anúncio Você nos Doa R$ 0,03 ! Deus Abençoe !

N.Sra. das Graças

N.Sra. das Graças
Derramai todas as graças necessárias para nossas vidas !

Curta nossa Página !

Solidariedade

Tecnologia do Blogger.

CF2017

Missão Nova Visão, Levando LUZ onde se encontra escuridão !

Clicando Neste Anúncio Você nos Doa R$ 0,03 ! Deus Abençoe !

Testemunho / Adriano do Nascimento

CD Mesmo Olhar / Adriano do Nascimento

CD Mesmo Olhar / Adriano do Nascimento
Pregação e Testemunho

Receba Nossas Matérias !

Cadastre seu E-mail e Receba nossas Notícias e Novidades!


Nova Visão

Deixe um Recadinho

De Olho na Dica - Filme

De Olho no Lançamento