Sexta-feira Santa ~ Missão Nova Visão ♫ Web Rádio Católica

quinta-feira, 21 de abril de 2011

A tarde de Sexta-feira Santa apresenta o drama imenso da morte de Cristo no Calvário. A cruz erguida sobre o mundo segue de pé como sinal de salvação e de esperança. Com a Paixão de Jesus segundo o Evangelho de João comtemplamos o mistério do Crucificado, com o coração do discípulo Amado, da Mãe, do soldado que lhe traspassou o lado.
São João, teólogo e cronista da paixão nos leva a comtemplar o mistério da cruz de Cristo como uma solene liturgia. Tudo é digno, solene, simbólico em sua narração: cada palavra, cada gesto. A densidade de seu Evangelho agora se faz mais eloqüente. E os títulos de Jesus compõem uma formosa Cristologia. Jesus é Rei. O diz o título da cruz, e o patíbulo é o trono onde ele reina. É a uma só vez, sacerdote e templo, com a túnica sem costura com que os soldados tiram a sorte. É novo Adão junto à Mãe, nova Eva, Filho de Maria e Esposo da Igreja. É o sedento de Deus, o executor do testamento da Escritura. O Doador do Espírito. É o Cordeiro imaculado e imolado, o que não lhe romperam os ossos. É o Exaltado na cruz que tudo o atrai a si, quando os homens voltam a ele o olhar.
A Mãe estava ali, junto à Cruz. Não chegou de repente no Gólgota, desde que o discípulo amado a recordou em Caná, sem ter seguido passo a passo, com seu coração de Mãe no caminho de Jesus. E agora está ali como mãe e discípula que seguiu em tudo a sorte de seu Filho, sinal de contradição como Ele, totalmente ao seu lado. Mas solene e majestosa como uma Mãe, a mãe de todos, a nova Eva, a mãe dos filhos dispersos que ela reúne junto à cruz de seu Filho.
Maternidade do coração, que infla com a espada de dor que a fecunda.

A palavra de seu Filho que prolonga sua maternidade até os confins infinitos de todos os homens. Mãe dos discípulos, dos irmãos de seu Filho. A maternidade de Maria tem o mesmo alcance da redenção de Jesus. Maria comtempla e vive o mistério com a majestade de uma Esposa, ainda que com a imensa dor de uma Mãe. São João a glorifica com a lembrança dessa maternidade. Último testamento de Jesus. Última dádiva. Segurança de uma presença materna em nossa vida, na de todos. Porque Maria é fiel à palavra: Eis aí o teu filho.

O soldado que traspassou o lado de Cristo no lado do coração, não se deu conta que cumpria uma profecia realizava um últmo, estupendo gesto litúrgico. Do coração de Cristo brota sangue e água. O sangue da redenção, a água da salvação. O sangue é sinal daquele maior amor, a vida entregue por nós, a água é sinal do Espírito, a própria vida de Jesus que agora, como em uma nova criação derrama sobre nós.



0 Comentários:

Postar um comentário

Por favor poste apenas comentário uteis, não faça divulgação na sessão de comentários. Obrigado

Nossa Programação

24hrs de músicas!
15h00
Terço da Misericórdia
18h00
Terço da Sagrada Família
20h00 às 22h00
Rítmo Jovem

Clicando Neste Anúncio Você nos Doa R$ 0,03 ! Deus Abençoe !

N.Sra. das Graças

N.Sra. das Graças
Derramai todas as graças necessárias para nossas vidas !

Curta nossa Página !

Solidariedade

Tecnologia do Blogger.

CF2017

Missão Nova Visão, Levando LUZ onde se encontra escuridão !

Clicando Neste Anúncio Você nos Doa R$ 0,03 ! Deus Abençoe !

Testemunho / Adriano do Nascimento

CD Mesmo Olhar / Adriano do Nascimento

CD Mesmo Olhar / Adriano do Nascimento
Pregação e Testemunho

Receba Nossas Matérias !

Cadastre seu E-mail e Receba nossas Notícias e Novidades!


Nova Visão

Deixe um Recadinho

De Olho na Dica - Filme

De Olho no Lançamento